Retrato de Marcelo Terça-Nada!
Marcelo Terça-Nada! atua com Artes Visuais na interseção entre cidade, arte, escrita, fotografia e intervenção urbana. Participou de exposições em diversas cidades do Brasil e em países como: Argentina, Índia, Espanha, Holanda, Eslovênia e Áustria. Faz parte do Poro com o qual realizou intervenções urbanas e participou de importantes eventos, como a 3a Bienal da Bahia em Salvador ou a exposição Cidade Gráfica no Itaú Cultural em SP. Publicou os livros “Pequeno Guia Afetivo da Comida de Rua de Salvador”, “Intervalo Respiro Pequenos Deslocamentos”, “Brasília: (Cidade) [Estacionamento] (Parque) [Condomínio]” e “Manifesto”. Recebeu o prêmio Brasil Arte Contemporânea 2011, da Fundação Bienal de São Paulo e Ministério da Cultura e o Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2012. Atua também com pesquisa sobre alimentação e valorização da sociobiodiversidade brasileira.

Currículo

Formou-se em 2003 na Escola de Belas Artes da UFMG. Entre 2005 e 2007 estudou Comunicação Digital e Hipermídia. Criou e mantém o RedeZero. Faz com carinho o blogue Vírgula-imagem. Junto com pessoas muito especiais, foi um dos fundadores e integrantes do Poro (desde 2002) e da DoDesign Brasil (2003-2018).

Em 1998 começou sua trajetória com desenvolvimento de sites – os trabalhos desenvolvidos profissionalmente nessa área podem ser vistos neste link.

Além destes artigos, tem textos publicados em sites como WebInsider, Revista Etcetera, Círculo Cauê de Arquitetura, ArteWebBrasil e Overmundo. Em janeiro de 2011 foi publicado o livro “Intervalo, respiro, pequenos deslocamentos – ações poéticas do Poro” onde Marcelo foi um dos organizadores, para conhecer essa e outras publicações, acesse: www.poro.redezero.org/publicacoes/

Com seu trabalho de artes plásticas e fotografia, participou de diversas exposições e mostras, entre elas: Vizinhos – conexões entre artistas no Brasil (Viena/Áustria), Cabin Bagagge no IV Fórum Social Mundial (Mumbai/Índia), Next 5 Minutes (Holanda), Reverberações no Fórum Cultural Mundial (São Paulo), Salão de M.A.I.O (Salvador), SPA Semana de Artes Visuais (Recife), Escala 1×1 (Palácio das Artes/Belo Horizonte).

Tem fotografias publicadas nos livros “Intervalo, respiro, pequenos deslocamentos” (Radical Livros, 2011), “MIP – Manifestação Internacional de Performance” (CEIA, 2005), “Desvios no Discurso” (Poro/Galeria da CEMIG, 2005), “Shifting Map – Artists’platform and strategies for cultural diversity” (RAIN e NAi Publishers, Holanda/Bélgica), “O visível e o invisível na arte atual” (CEIA, 2002) e em revistas como “Simples – Sociedade Criativa”, “Super Interessante”, “Aplauso”, “UFMG Diversa” (capa e ensaio interno), “Mondana”, “Revista Autofagia” (capa e ensaio interno).

Realizou palestras em eventos como o Encontro de Coletivos de Arte Brasil/Espanha (Intermediae – Madrid), Seminário “Paradigmas para as Artes Visuais no séc. XXI” (Centro Cultural Banco do Brasil – Rio de Janeiro), Seminário “Percepções contemporâneas da cidade” (Centro Cultural BNB – Fortaleza), Seminário “Efeitos de Borda: Subjetividades e Espaço Público” (5º Fórum Social Mundial – Porto Alegre) e 8º Encontro Nacional de Estudantes de Arte (EBA/UFMG – Belo Horizonte).

Foi bolsista da Fapemig no projeto “Antigas marcas, novas mídias: a arte humanizando as tecnologias” (2003) e no projeto de implantação do Núcleo de Arte e Pesquisa da EBA/UFMG (2002). Foi bolsista do Programa de Aprimoramento Discente PAD Belas Artes/UFMG onde desenvolveu a pesquisa “Livro Objeto/Poesia Objeto” (2000/2001).